Minha lista de blogs

Minha lista de blogs

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Dois Meses Atrás



- Você tornou-se outra pessoa. Essa Alice aí eu não conheço e não me agrada.
Essa maldita frase acompanhou Alice em todo seu trajeto de volta para o apartamento que agora ficaria mais vazio.
Matheus não sabia como era difícil passar por tantos transtornos sem, de vez em quando, desabar. Ele não entendia o comportamento desregular de Alice e então resolveu deixa-la.
Alice abriu a porta lentamente, olhou os móveis com uma certa frieza e descrença. Aquele lugar já era sem vida, agora sem as chatices e maluquices de Matheus iria virar um manicômio de uma pessoa só.
Alice deitou no sofá e fiou pensando em tudo e em nada ao mesmo tempo. Como seria daquele dia em diante? Como ela enfrentaria toda aquela situação?
Lá no fundo, Alice rezava para que a decisão dele não fosse concreta e que daqui uns três a quatro dias ele voltasse a procura-la, mas, e se suas orações não fossem atendidas? E se agora não houvesse mais volta? O que seria da pobre Alice.

Ela se levantou e procurou seus ansiolíticos. A recomendação medica eram de dois comprimidos à noite, mas hoje Alice iria deixar as recomendações pra trás e ingeriu seis comprimidos, pois ela queria dormir por um período de tempo maior, pois aquela angustia estava lhe matando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário